Imagem capa - AULA 2 - LUZ por Priscila Costa Fotógrafa
Cursos

AULA 2 - LUZ



2.1 COMO MEDIR A LUZ?

Antes de medir a luz, vou dar uma passada rápida nos famosos 3 pilares da Fotografia: Abertura, Velocidade e Sensibilidade.

Eles controlam a quantidade de luz que entra na lente para que a imagem seja criada.

Para entender melhor temos o próximo quadro junto com a analogia: imagine seus olhos. O diafragma é a abertura dos olhos, o obturador é a velocidade que você pisca e o ISO é a qualidade da imagem que você está vendo.

Logo:

Quanto mais você abre o olho, mais luz entra;
Quanto mais rápido você pisca, menos luz entra;
Quanto menor o ISO, menor a quantidade de ruído na imagem.

Pratique muito isso, a prática leva a perfeição. Pode ser clichê mas é verdade!



2.2 FOTOMETRIA

Toda câmera possui um mecanismo interno responsável por medir a quantidade de luz que entra para gerar fotos. Pelo nome, de repente você não conhece, mas vendo a figura ao lado você já deve ter visto em alguma câmera.

O fotômetro se parece com uma régua e vai do -3 até o 3.

O -3 é o mais escuro e o 3 é o mais claro salvo algumas câmeras que podem vir ao contrário.

O 0 representa o equilíbrio da luz.



Na foto acima podemos ver o fotômetro apontando para o negativo (escuro), para o positivo (claro) e na parte central com a fotometria equilibrada. Nem sempre a fotometria tem que ser seguida à risca. Ele só indica a quantidade de luz na foto e não é verdade absoluta. Se a sua proposta é com sombras, você tem que mover para o negativo.

2.3 COMPENSAÇÃO DE LUZ NO IOS E ANDROID

A primeira coisa que você tem que fazer é decidir como será a sua foto. Qual a proposta dela?

Se o contraste entre o fundo e o objeto for grande, você terá que decidir qual área vai ficar iluminada.

Exemplo: Fotos na praia com por do sol. Quem ficará em evidência? As pessoas ou o sol?



2.4 LUZ DIFUSA E LUZ DURA

A luz pode vir de vários meios: do sol, de um flash, de uma janela, de uma lanterna. Tudo isso é luz e influencia no resultado das nossas fotos e no final das contas o comportamento delas será igual.



luz dura é aquela luz que não tem nada “filtrando" entre ela e o objeto. 

Toda vez que a sombra for muito marcante e evidente, temos a luz dura.

luz difusa é uma luz filtrada por um difusor até o objeto diminuindo a intensidade da luz dura. 

Com isso temos uma luz mais homogênea e mais equilibrada.

2.5 FOTO SUBEXPOSTA E FOTO SUPEREXPOSTA

Com certeza você já fez fotos muito escuras e fotos muito claras não é mesmo?

Se você tem uma foto exposta a pouca luz, ela é subexposta e se você tem uma foto exposta a muita luz, ela é superexposta.

Simples assim!

A fotografia é extremamente dependente da luz. Quando se tem muita luz, a foto fica com pontos brancos sem informação.

Muitos fotógrafos fazem fotos SUPEREXPOSTAS propositalmente para seu favor. 

É mais fácil corrigir a foto subexposta do que a superexposta. 

Lembre-se sempre disso!





Chegamos ao fim da aula e se você quiser ver o vídeo na íntegra, acesse o vídeo abaixo:



E aí, me contem o que acharam dessa aula 2 sobre LUZ. Comenta aqui embaixo ou nos meus canais.

Instagram: pesquisem por @pricostafotografa ou clique nesse link e me siga: https://www.instagram.com/pricostafotografa

Meu canal de podcasts no SoundCloud é: https://soundcloud.com/pricostafotografa me sigam lá, irei postar podcasts de TODOS os vídeos que eu postar no meu IGTV e também irei fazer um post aqui de cada vídeo.

Canal no Youtube, preciso de mais seguidores para poder personalizar o nome do meu canal, por enquanto vocês podem acessar nesse link: https://www.youtube.com/channel/UCK-gLPnx7phCMNMIvohSgaQ?view_as=subscriber

Se você conhece alguém que ficaria fera assistindo esse curso, compartilha esse link, minha gratidão é grande!!!

Até a próxima aula meus amores!

Priscila Costa.